Pesquisar este blog

Nos braços do Pai

Nos braços do Pai

Falando com Deus

Falando com Deus

Paz

Paz

TENHO ADORAÇÃO NO MEU DNA

4.8.16

O QUE É NECESSÁRIO PARA SE VENCER QUALQUER INIMIGO?



 Para vencer os inimigos precisamos de saber qual é a sua forma de atacar e as armas usadas. Mas, por que motivo? Para que possamos, pronta e eficazmente, defender-nos contra as suas investidas.  

 O Senhor Jesus Revelou aos Seus Discípulos e seguidores as diferentes formas de o diabo, os seus demônios e filhos agirem, atacarem os seres humanos, deixando, assim, claro que necessitamos de saber o que fazer para vencer os nossos inimigos.

 Então, quais são as armas usadas pelos nossos inimigos para nos destruir? Para saber a resposta, observe o que aconteceu após a destruição da Cidade de Jerusalém, que representa cada um de nós.

 Neemias 2:

 “17 Então, lhes disse: Estais vendo a miséria em que estamos, Jerusalém assolada, e as suas portas, queimadas; vinde, pois, reedifiquemos os muros de Jerusalém e deixemos de ser opróbrio.” 

 Observe que o mal não quer que o Povo de Deus veja, reconheça o seu estado de miséria espiritual, física, sentimental, espiritual, mas, sim, que olhe para o mesmo como algo normal, da Vontade Divina, o destino, ou algo comum para si e para os outros. 
Para quem desconhece, é importante ressaltar o significado da palavra “opróbrio”:

 1. afronta 
vergonhosa; 2. vexame, vergonha; 3. desonra “18 E lhes declarei como a Boa Mão do meu Deus estivera comigo e também as palavras que o rei me falara. Então, disseram: Disponhamo-nos e edifiquemos. E fortaleceram as mãos para a boa obra.” 

 Não podemos ignorar o que Deus já fez nas nossas vidas, mas, também, tampouco podemos ignorar o que Ele Quer Fazer, no presente. Apesar de a Sua Mão ser Grande e Boa, só podemos ver a Sua Grandeza e Bondade por meio de uma fé assumida, sendo necessário a disposição para que haja construção e edificação. 

Caso contrário, ficará apenas nos planos, nunca sairá do papel. Então, para que isso aconteça, temos que fortalecer as nossas mãos. E o que significa isso? Significa que temos que nos animar, motivar, pensar na recompensa e não nas dificuldades que enfrentaremos.

 “19 Porém Sambalate, o horonita, e Tobias, o servo amonita, e Gesém, o arábio, quando o souberam, zombaram de nós, e nos desprezaram, e disseram: Que é isso que fazeis? Quereis rebelar-vos contra o rei?”

 A primeira arma do mal contra os que são de Deus e estão dispostos a fazer o que for necessário para resolver os seus problemas e alcançar os seus objetivos é: ZOMBAR. E o que significa zombar? Quer dizer: inferiorizar, humilhar, desprezar, desrespeitar. E é precisamente isso que o mal faz, para que você se convença de que: – não pode; – não tem capacidade; – não tem condições; – não tem experiência; – não tem o apoio de ninguém; – … 

“20 Então, lhes respondi: o Deus dos Céus é Quem nos dará bom êxito; nós, Seus servos, nos disporemos e reedificaremos; vós, todavia, não tendes parte, nem direito, nem memorial em Jerusalém.” Sempre que o mal lançar uma palavra de dúvida, morte ou confusão a nossa mente por meio de pensamentos ou palavras de alguém, devemos combatê-la de imediato com a Palavra de Deus. 

Temos que lembrar-nos que quem nos dá a vitória é o Deus dos Céus, o Todo-Poderoso e não as nossas condições. Lembrar ao mal e aos seus filhos que Deus nos dará bom êxito no que fazemos, pois o que fazemos, fazemo-lo com fé e coragem. Necessitamos de demostrar a quem servimos: se a Deus, se a nós mesmos ou se ao mal. Porém, sempre será necessário que você se DISPONHA para fazer o que tem que ser feito.

 O mal usa a arma da zombaria para fazer-nos duvidar. Deus usa a Sua Palavra para nos fazer crer e vencer! Deus é contigo e eu também! 

SYLVIA MONTEIRO
LER TODO O ARTIGO...

8.5.15

10 sinais de que você está atrapalhando o crescimento da sua igreja
 10 sinais de que você está atrapalhando o crescimento da sua igreja
 
Sinal 1 – Não orar pela igreja e pelo seu crescimento
 
  Uma pessoa que faz parte da igreja deveria orar pela igreja. Não orar pela igreja equivale a não contribuir para o crescimento
dela. Jesus ensinou os discípulos que deveriam orar para que Deus potencializasse a obra Dele com mais pessoas dispostas a trabalhar:
 
 “Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara.” (Mateus 9:38). Não orar pela igreja, pelos seus líderes, pelo crescimento dela, pela resolução de problemas que acontecem, etc., equivale a atrapalharmos o crescimento da obra de Deus, pois não estamos fazendo a nossa parte.
 
Sinal 2 – Assistir a igreja trabalhando
 
  Somente assistir aos cultos, assistir ao trabalho de quem está trabalhando, assistir o movimento da igreja. Esses são sinais de quem não está envolvido no trabalho da obra de Deus. Quem está envolvido no crescimento da igreja não assiste as coisas, antes, participa delas de alguma forma ativa e produtiva.
 
 Jesus ensinou que seus servos deveriam colocar a mão no arado: “Mas Jesus lhe replicou: Ninguém que, tendo posto a mão no arado, olha para trás é apto para o reino de Deus.” (Lucas 9:62). Colocar a mão no arado é ajudar no crescimento da obra de Deus. Não colocar a mão no arado e assistir a tudo como expectador equivale a atrapalhar o crescimento da obra de Deus.
 
Sinal 3 – Dizer mais não do que sim
 
  É evidente que devemos fazer um gerenciamento de cada área de nossas vidas para não cairmos em um ativismo prejudicial. Isso é ser sábio. Mas existem pessoas que somente dizem não. Nunca podem, nunca têm disponibilidade, nunca dizem sim.
 
 Os apelos dos líderes são ignorados. O trabalho clama por alguém que o faça, mas, mesmo que tenha o dom para fazer aquele trabalho, essa pessoa não se dispõe. Esse tipo de pessoa atrapalha o crescimento da igreja, pois enterra o talento que Deus deu a ela ao invés de multiplica-lo.
 
Sinal 4 – Arrumar problemas infantis para os líderes resolverem
 
  Algumas pessoas vão à igreja para arrumar problemas. Atrapalham a obra de Deus, pois ocupam a liderança, que deveria estar mais voltada para questões mais nobres da obra, para resolver problemas insignificantes.
 
 Arrumam problemas para chamar a atenção. “O irmão não me cumprimenta”, “ele fechou meu carro no estacionamento e demorou para tirar”, “ele deixou uma mensagem no Facebook que foi indireta para mim”, “pastor, você tem que resolver isso senão eu saio da igreja!”.
 
 Esse tipo de conflito infantil toma um tempo preciso da liderança, que deveria estar ocupada com coisas mais importantes. Jesus incentiva as pessoas a resolverem seus problemas com maturidade, sem “mimimi”: “Se teu irmão pecar contra ti, vai argui-lo entre ti e ele só. Se ele te ouvir, ganhaste a teu irmão.” (Mateus 18:15)
 
Sinal 5 – Aumentar o alcance dos problemas ao invés de ajudar a resolve-los
 
  Toda igreja tem problemas. Basta dar uma olhada na primeira igreja citada na Bíblia e verá essa realidade muito bem. O problema não é o problema. Na realidade é a forma como se lida com o problema que pode vir a ser um problema maior ainda.
 
 Há pessoas que gostam de jogar gasolina onde o fogo já está pegando. Não agem como pacificadoras na igreja, mas expandem ainda mais o alcance dos problemas, por exemplo, usando a fofoca. Com isso promovem não o crescimento, mas a destruição de coisas construídas na igreja a muito custo.
 
 Não foi à toa que Jesus ensinou que os pacificadores são bem aventurados (Mateus 5:9). A igreja precisa de pacificadores, pois são eles que ajudam a obra a crescer. Não faça a obra de Deus relaxadamente!
 
Sinal 6 – Não andar com sua vida espiritual em dia
 
  Paulo desenvolve a sua explicação sobre o funcionamento da igreja, comparando-a a um corpo. Num corpo, cada parte precisa fazer a sua função para que tudo funcione perfeitamente. Quando uma parte não faz a sua função, isso equivale a alguma doença no corpo, que precisa ser tratada.
 
 Ser a igreja e não manter uma vida espiritual em dia (ler a Bíblia, orar, jejuar, buscar comunhão, contribuir, etc.) equivale a atrapalhar o corpo. Paulo nos ensina que o corpo bem ajustado cresce, logo, podemos inferir que o corpo desajustado não cresce, pois está doente:
 
“De quem todo o corpo, bem ajustado e consolidado pelo auxílio de toda junta, segundo a justa cooperação de cada parte, efetua o seu próprio aumento para a edificação de si mesmo em amor.” (Efésios 4:16). Andar com a vida espiritual em dia é uma grande e saudável contribuição para a saúde do corpo.
 
Sinal 7 – Usar demais a crítica
 
  Críticas construtivas são sempre bem vindas na obra de Deus, pois é na multidão de conselheiros que fazemos muito melhor as coisas (Provérbios 15:22). Mas aqueles que atrapalham o crescimento da igreja usam demais a crítica e de menos o reconhecimento do bom trabalho feito.
 
  Há pessoas que fazem questão, por exemplo, de procurar o pastor para cobrar mais atenção dele por causa de um erro de português que, sem querer, saiu no boletim da igreja. Há também aqueles que querem mandar na forma de fazer o culto, no tempo das mensagens, na forma com que tudo é conduzido.
 
 Somente a crítica sai da boca deles. E da forma com que criticam mostram que querem destruir e não construir. Certa feita fiquei sabendo de um pregador que foi extremamente criticado porque esquecera de levar a gravata para vestir. Pregou sem gravata.
 
 Os críticos ferrenhos nem se lembraram da mensagem, do esforço do irmão em sair de sua cidade e ir até ali pregar. Só a falta da gravata importava. Naquele dia eles atrapalharam sobremaneira o crescimento da igreja com críticas exageradas e elogios inexistentes.
 
Sinal 8 – Não contribuir financeiramente para a obra de Deus
 
  Alguns não entendem que Deus faz sim muitos milagres sobrenaturais, mas não faz milagres onde é exigido uma ação natural nossa. É assim na área financeira da obra de Deus. Para o crescimento da obra de Deus são necessários recursos. A responsabilidade de provisão desses recursos é daqueles que são servos de Deus, que são a igreja.
 
 Evidentemente que hoje existem muitos abusos de falsas igrejas, mas isso não invalida a responsabilidade que cada servo de Deus tem de contribuir financeiramente para a obra do Senhor. Quem se exime dessa responsabilidade não está colaborando para o crescimento da obra, antes, está atrapalhando.
 
 Alguém já disse que a área mais difícil que o ser humano tem para converter se chama bolso. E isso é verdade. A generosidade é característica dos verdadeiros servos de Deus. Nesse quesito, as igrejas da Macedônia nos dão uma aula e são extremamente elogiadas pelo apóstolo Paulo:
 
 “porque, no meio de muita prova de tribulação, manifestaram abundância de alegria, e a profunda pobreza deles superabundou em grande riqueza da sua generosidade. Porque eles, testemunho eu, na medida de suas posses e mesmo acima delas, se mostraram voluntários, pedindo-nos, com muitos rogos, a graça de participarem da assistência aos santos.” (2 Coríntios 8:2-4)
 
Sinal 9 – Não ter cuidado com o seu bom testemunho
 
  Somos igreja em todos os lugares e não somente dentro de um prédio, ou de um grupo familiar, ou de outro lugar de reunião. Somos igreja, principalmente, no mundo. Um exemplo claro de alguém que colaborou para o crescimento da obra de Deus através do bom testemunho foi Timóteo.
 
 Dele é dito: “Chegou também a Derbe e a Listra. Havia ali um discípulo chamado Timóteo, filho de uma judia crente, mas de pai grego; dele davam bom testemunho os irmãos em Listra e Icônio.” (At 16:1-2). Infelizmente, hoje, muitos cristãos são conhecidos pelo mau testemunho, pela má conduta e, assim, atrapalham o crescimento da obra ao invés de ajudar.
 
Sinal 10 – Participar da igreja apenas atrás de bênçãos para si
 
  Hoje cresce assustadoramente o número daqueles que se ajuntam a igreja com o único objetivo de conseguir bênçãos para si (principalmente materiais). Não conte com eles para nada. Estão dispostos sim a fazer algo, mas apenas se aquele algo for em troca de alguma bênção de Deus, coisa que, nas igrejas sérias, não deve existir.
 
 Quem coloca o “eu” acima de tudo atrapalha a obra de Deus. Isso porque Jesus deixou claro que seus discípulos devem servir e priorizar o “nós”. CONCLUSÃO Quando falamos da igreja de Deus falamos de algo muito sério.
 
 A Bíblia diz que Jesus Cristo comprou a igreja com seu sangue (Atos 20:28). Diz também que a igreja é a noiva de Cristo (Apocalipse 21:9).
 
 Por isso, atrapalhar a obra de Deus é lutar contra o próprio Cristo e isso é algo terrível e que não deve ocorrer na vida do crente verdadeiro.
 
 É importante considerar as palavras de Jesus e corrigir os nossos erros, pois a Palavra de Cristo é dura: “Quem não é por mim é contra mim; e quem comigo não ajunta espalha.” (Mateus 12:30)
LER TODO O ARTIGO...

15.1.15


Deus é amor, mas também é justiça "Certa vez um ateu estava passeando por um bosque, admirando a beleza da natureza, cuja criação ele atribuía a um mero fruto do acaso: a evolução. "Que árvores maravilhosas", "como é majestosa a natureza", pensava consigo. De repente, seus pensamentos foram interrompidos por alguns ruídos em uns arbustos atrás dele.

Ao se virar para verificar o que se tratava, deparou-se com um enorme urso pardo indo em sua direção, prontinho para fazer a refeição da tarde... O homem então começou a correr o mais rápido que podia, mas por mais que se esforçasse o urso estava cada vez mais perto. No desespero, ele acabou tropeçando em uma pedra e caiu.

Tentou se levantar, mas era tarde, o urso já estava em cima dele. Desesperado, ele então clamou: _ Deus!!! Se você realmente existe me ajude! Por alguns instantes o tempo parou e então ele ouviu uma voz dizer: 

Durante todos esses anos, você negou a minha existência. Afirmou e tentou convencer a muitos que eu não existia, afastando muitas almas de mim.
Você reduziu toda a minha criação a um acidente... e agora espera que eu te ajude? Será que devo acreditar que existe em você alguma fé em mim? 

Já mais calmo, o ateu respondeu: _ Realmente seria muita hipocrisia de minha parte te pedir que de uma hora para outra passasse a me tratar como um cristão... mas talvez o Senhor pudesse transformar o urso em um bom cristão e assim, ele agiria com generosidade e se afastaria. _ Muito bem - Respondeu Deus.

Dito isto o urso se levantou de cima do homem, que se sentiu aliviado. No entanto, o urso ainda o segurava e em seguida, ajoelhou-se e começou a orar: _ Senhor, te agradeço pela provisão em minha vida. Em nome de Jesus abençoe esse alimento que comerei agora." * Em um primeiro momento esse conto pode até parecer engraçado.

No entanto, ao analisarmos com calma, poderemos ver que ele nos mostra muitas verdades. A primeira delas é que muitas pessoas só buscam a presença de Deus quando estão necessitadas, ou seja, querem Deus apenas como um subordinado, para fazer suas vontades quando for conveniente. Fora isso, Deus não existe.

Na hora da dificuldade o argumento é sempre o mesmo: "Deus é amor, ele me ama e vai me perdoar ..." Acontece que as coisas não são bem assim e é justamente a falta de intimidade com Deus que fazem com que este tipo de pessoa desconheça um dado muito importante sobre a personalidade de Deus: justiça. Deus é amor, mas também é justiça.

Nós somos os responsáveis por nossas escolhas) E que justiça há em privilegiar o que anda errado, em detrimento daquele que anda certo? Ora, se Deus dá o mesmo tratamento a todos, os que lhe são obedientes e os que não são, qual a vantagem de ser obediente? É claro que as coisas de Deus não são conduzidas desta forma leviana.

Deus de fato é amor e nos perdoa, mas esse perdão está condicionado a um arrependimento genuíno, ou seja, está condicionado ao comprometimento de deixar um comportamento errado e adotar um certo.

Mas mesmo após obter o perdão de Deus, será necessário lidar com as consequências dos erros cometidos, pois tudo o que plantamos, também colhemos.  A abundância da sua colheita depende da semeadura) Outra coisa importante que o texto nos ensina, é a falta de fé de algumas pessoas.

 Mesmo diante da presença sobrenatural de Deus o Ateu não teve fé o suficiente para pedir perdão pelos seus atos.
Acabou perdendo uma grande oportunidade de mudar sua conduta perante o Senhor, quando foi questionado se era possível crer na fé que possuía. (clique aqui para ler o artigo Aprenda a identificar as oportunidades) 

Ora, Deus sabe todas as coisas. A pergunta não tinha como objetivo obter uma resposta, mas sim dar ao Ateu a oportunidade de mudar e viver:
O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida (Dt 30:19) Ao invés de agir com humildade e reconhecer o seu erro, o Ateu preferiu agir com soberba, tentando manipular o agir de Deus e foi aí que ele teve uma triste surpresa:

Deus é soberano e sempre age com justiça, segundo os próprios desígnios. O urso realmente se transformou em um excelente cristão... Não se iluda, Deus não se deixa escarnecer. Não há nesta Terra ninguém que possa se comparar ao Senhor em conhecimento e sabedoria. Deus quer você como amigo e filho amado e não como "chefe".
LER TODO O ARTIGO...

1.1.15

Alcançando os Sonhos através do louvor...

"E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus," (Romanos 4 : 20)
 
 Os planos de Deus são como sementes, primeiro ele lança em forma de sonho e assim planta no teu coração e enquanto essa semente não cresce, vira uma linda árvore e frutifica.
 
O inimigo tenta de todas as formas impedir essa realização, ele usa de pensamentos negativos, tentando te fazer pensar que foi tu mesmo q o lançastes na tua cabeça, e assim ele vai tentando impedir essa "gestação".
Mas e o que fazer para não desfalecer?
 
Louve irmão, verbalize o teu sonho e creia que ele já está concedido.. Não peça incessantemente sim louve incessantemente como fizeram Paulo e Elias na prisão, louve até tocar o céu, louve não como petição mas sim como confirmação que j está concedido e realizado.
 
"Por isso vos digo que todas as coisas que pedirdes, orando, crede receber, e tê-las-eis." (Marcos 11 : 24)´
 
Irmão você é do tamanho dos seus sonhos, o que vc almeja?

Um Carro, Uma Casa, Um Casamento feliz, Filhos, Ministério ???

 Enfim, os SONHOS QUE DEUS TE FEZ SONHAR, ELE TE FARÁ REALIZAR, mas lembre-se é a seu tempo, louve e ele te concederá, fortalecei tua fé dando glória.

"E esta é a confiança que temos nele, que, se pedirmos alguma coisa, segundo a sua vontade, ele nos ouve. E, se sabemos que nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que alcançamos as petições que lhe fizemos". (João 5: 14 e 15)

03- O louvor antecipa o milagre porque já vê o sonho realizado.

(CANTA alegremente, ó estéril, que não deste à luz; rompe em cântico, e exclama com alegria, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária, do que os filhos da casada, diz o SENHOR.


Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeças; alonga as tuas cordas, e fixa bem as tuas estacas.

Porque transbordarás para a direita e para a esquerda; e a tua descendência possuirá os gentios e fará que sejam habitadas as cidades assoladas.

Isaias 54: 1:3)


Creia irmão, simplesmente creia pois Deus é fiel...Paz Do Senhor a Todos...




 


LER TODO O ARTIGO...
Você é responsável pelo sangue do seu irmão...

  A ti, pois, ó filho do homem, te constituí por atalaia sobre a casa de Israel; tu, pois, ouvirás a palavra da minha boca, e lhe anunciarás da minha parte.

Se eu disser ao ímpio: Ó ímpio, certamente morrerás; e tu não falares, para dissuadir ao ímpio do seu caminho, morrerá esse ímpio na sua iniqüidade, porém o seu sangue eu o requererei da tua mão.

Mas, se advertires o ímpio do seu caminho, para que dele se converta, e ele não se converter do seu caminho, ele morrerá na sua iniqüidade; mas tu livraste a tua alma (Ezequiel 33: 7,8 e 9)
 
Irmão tu és o atalaia da casa de Israel,o enviado a anunciar boas novas,tu tens a missão de ganhar almas para o Senhor Jesus; Teu sentido nessa terra é glorificar o nome de Jesus,o nome que está acima de todo nome,para que unicamente ele seja engrandecido.
 
Porém tu fostes deixado como atalaia,teu dever é avisar o pecador do seu caminho,e que o mesmo leva a condenação,porém, se assim, tu n fizer e ainda por cima reconhecendo que tu já fostes avisado por outrem,a culpa,o peso e o sangue daquela alma recairá sobre ti,como já fizeram antes contigo no tempo que andastes peregrino sem direção.

HOJE és tu que tens o dever de anunciar a salvação, todos carecem da glória de Deus e o mesmo n faz acepção de pessoas; Quer ouçam, quer deixem de ouvir teu dever e anunciar as boas novas do Senhor e lhes mostrar que há salvação pra ele.
 
Mas se tu fizer a tua parte e advertes o pecador do seu caminho, tu ganharás um alma para o Senhor e pleno será teu galardão no céu e mais uma vez tu estarás encobrindo uma multidão de pecados. "Veio, porém, a lei para que a ofensa abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou a graça;" (Romanos 5 : 20)


Não perca tempo,não perca oportunidade,não perca almas,todos necessitamos de Deus,andamos sedentos e aflitos,sem rumo e com um vazio sem igual,precisamos da presença dele. Será que não pode ser considerado uma especie de egoísmo não dividir a palavra da verdade,já que tu a conheces e diz que a cumpres? Não se envergonhe do Senhor teu Deus evangelize, salve, proclame que

SÓ O SENHOR É DEUS E ALÉM DELE OUTRO NÃO HÁ!!! E HOJE É ESSA A MINHA PETIÇÃO: DAÍ-ME ALMAS SENHOR!!!
LER TODO O ARTIGO...

13.2.14

Aceitando o propósito de Deus


Oi amados! A Graça e a Paz do Senhor Jesus! Quero deixar aqui uma parte do nosso estudo.

Espero que sejam edificados! Às vezes as coisas ficam tão difíceis de concretizar, sentimos que Deus nos manda a uma direção, a um destino, mas, que nunca haveremos de chegar. 

À vontade é de desistir de tudo! Ou até de nem começar! Mas Graças a Deus que nos deixou os ensinamentos bíblicos, podemos aprender com os apóstolos que as dificuldades virão, mas, que: “Sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.” (Romanos 8:28)

Aaleluia! Glória a Deus por isso! Assim sabemos que se o amamos e se servimos ao Reino Dele, nada de ruim poderá nos acontecer! Tudo cooperará para o nosso bem! Paulo quando estava sendo enviado a Roma, sofreu um naufrago, passou por muitos apuros, uma serpente enrolou em sua mão, mas, nada o aconteceu. 

Isso está registrado em Atos 27 e 28. Ele ficou durante três meses preso em uma ilha fazendo milagres em Nome de Jesus e ajuntando gravetos. Depois de três meses saiu da ilha sentido a Roma, mas ele sabia que passar por essa ilha seria necessário, era um propósito de Deus!

Ele aceitou esse propósito e mesmo demorando três meses, saiu dessa ilha com todos os suprimentos que ele necessitava. Ele entrou como um naufrago na ilha e saiu como um homem de Deus. O que aprendemos com o exemplo de Paulo? Aprendemos que é necessário aceitarmos o propósito de Deus. 

Temos que ter a certeza de que em alguma coisa será útil nesse “passar pela ilha”. Pessoas precisam de nós nessa ilha, e podemos cair nela despedaçados, como verdadeiros náufragos, mas teremos a certeza de que sairemos de lá honrados e pode demorar o tempo que for, mas um dia sairemos de lá.

Enquanto a saída dessa ilha não chega, comesse a juntar gravetos assim como Paulo… Isso mesmo! Gravetos são aquilo que ninguém quer! Aquilo que ninguém quer fazer! São as coisas simples da vida! Procure servir aos outros, seja como for! O propósito de Deus é sempre o melhor pra nós, nos produz crescimento como cristãos, crescimento na comunhão com Deus! Jó quando saiu da sua “ilha” pode dizer:

Eu te conhecia só de ouvir mas agora os meus olhos te vêem.” (Jó 42:5). Isso porque a nossa batalha, a nossa peleja nos faz ser mais dependentes de Deus, assim o buscamos mais. Quando tudo vai bem, dificilmente estaremos tão sedentos por Deus. Aceite o propósito de Deus pra sua vida!

Custe o que custar! Isso pode custar a sua própria vontade! Pode te custar o seu conforto, sua folga na noite de um duro dia de trabalho ou a sua folga no fim de semana, mas tenha a certeza de que no final será recompensador! 

Abraço a todos e fiquem com Deus!

                                           SYLVIA MONTEIRO
LER TODO O ARTIGO...

19.1.14

O vale de ossos secos

 
 
A mão do Senhor estava sobre mim, e por seu Espírito ele me levou a um vale cheio de ossos. 2 Ele me levou de um lado para outro, e pude ver que era enorme o número de ossos no vale e que os ossos estavam muito secos. 3 Ele me perguntou: "Filho do homem, estes ossos poderão tornar a viver?"
 
Eu respondi: "Ó Soberano Senhor, só tu o sabes". 4 Então ele me disse: "Profetize a estes ossos e diga-lhes: Ossos secos, ouçam a palavra do Senhor! 5 Assim diz o Soberano, o Senhor, a estes ossos: Farei um espírito entrar em vocês, e vocês terão vida. 6 Porei tendões em vocês e farei aparecer carne sobre vocês e os cobrirei com pele; porei um espírito em vocês, e vocês terão vida.
 
Então vocês saberão que eu sou o Senhor". 7 E eu profetizei conforme a ordem recebida. Enquanto profetizava, houve um barulho, um som de chocalho, e os ossos se juntaram, osso com osso. 8 Olhei, e os ossos foram cobertos de tendões e de carne, e depois de pele; mas não havia espírito neles.
 
9 A seguir ele me disse: "Profetize ao espírito; profetize, filho do homem, e diga-lhe: Assim diz o Soberano, o Senhor: Venha desde os quatro ventos, ó espírito, e sopre dentro desses mor­tos, para que vivam". 10 Profetizei conforme a ordem recebida, e o espírito entrou neles; eles receberam vida e se puseram em pé.
 
Era um exército enorme! 11 Então ele me disse: "Filho do homem, estes ossos são toda a nação de Israel. Eles dizem: 'Nossos ossos se secaram e nossa esperança desvaneceu-se; fomos exterminados'. 12 Por isso profetize e diga-lhes: Assim diz o Soberano, o Senhor:
 
Ó meu povo, vou abrir os seus túmulos e fazê-los sair; trarei vocês de volta à terra de Israel. 13 E, quando eu abrir os seus túmulos e os fizer sair, vocês, meu povo, saberão que eu sou o Senhor. 14 Porei o meu Espírito em vocês e vocês viverão, e eu os estabelecerei em sua própria terra. Então vocês saberão que eu, o Senhor, falei e fiz. Palavra do Senhor".
 
LER TODO O ARTIGO...
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...