Pesquisar este blog

Nos braços do Pai

Nos braços do Pai

Falando com Deus

Falando com Deus

Paz

Paz

TENHO ADORAÇÃO NO MEU DNA

9.4.13

Quais as conseqüências quando nos afastamos de Deus?

Sofrimento “Agora, por que tamanho grito? Não há rei em ti? Pereceu o teu conselheiro? Apoderou-se de ti a dor como da que está para dar à luz?" Com certeza o sofrimento é uma das consequências de nosso afastamento da presença de Deus, porque estamos totalmente vulneráveis às armadilhas do inimigo e com o passar do tempo nossas forças vão se esvaindo até não haver mais nenhuma chama de esperança em nossos corações.

Entendemos que estamos sofrendo porque merecemos, quando na verdade Deus quer que regressemos ao seu aprisco para sermos cuidados por Ele. Andamos por caminhos de morte Romanos 6.23 diz que o Salário do pecado é a morte, e podemos verificar isso a todo o momento.

A Palavra de Deus nos ensina que um abismo chama outro abismo (Salmo 42.7) e por acharmos que Deus não nos quer mais acabamos nos afundando ainda mais na lama do pecado. O diabo, inimigo de nossas almas sempre coloca duas situações para impedir que nos aproximemos de Deus: aos que se sentem auto-suficientes ele os faz entender que são tão bons e perfeitos que não necessitam de Deus e aos pecadores mais empedernidos ele coloca em suas mentes que são tão ruins e maus que Deus não os quer.

Se esse for o seu caso, creia que o Senhor estará sempre de braços abertos para recebê-lo, esteja você no estado que estiver para transformá-lo num ser humano digno de respeito e da admiração de todos que o cercam. Remédio para nos reencontramos com Deus. 

Há pelo menos três ingredientes básicos:  Humildade Jeremias 31.3 diz: “De longe se me deixou ver o SENHOR, dizendo: Com amor eterno eu te amei; por isso, com benignidade te atraí.” Precisamos ter humildade para reconhecer que estamos incorrendo em erro e que o amor de Deus aguarda sempre que nos reaproximemos dele.

O Senhor estará sempre com os braços abertos como o pai do filho pródigo, que se alegrou com o retorno do filho e nem se preocupou com os bens que este gastou com as meretrizes (Lucas 15.24), pois sabia que ele estava envolto em pecado e em consequência morto espiritualmente. 

Fé Hebreus 11.1 diz: “Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não veem.”Creia que se você desejar sinceramente retornar para os caminhos do Senhor Ele o receberá e ainda o ajudará a mudar a sua vida, e a primeira coisa que Ele irá fazer é esquecer-se de todos os seus erros, porque Deus mesmo sendo onisciente, tem conhecimento de todas as coisas, Ele tem essa “estranha” capacidade de esquecer, apagar, os pecados daqueles que O buscam com sinceridade. Hebreus 8.12)

Amanhã será um novo dia. Entregue-se novamente a Deus, creia que Ele o perdoou e retome a sua vida e caminhada com Ele e você verá que grandes coisas o Senhor fará por você e o usará com poder na Sua Obra. Disponha-se nas mãos de Deus e não cesse de trabalhar em prol do Reino, buscando alcançar vidas, testemunhando do Seu infinito amor e da necessidade que cada um de nós tem de viver na presença desse Deus maravilhoso que tem um cuidado estremado para conosco.

Ele nunca nos abandona, mesmo que aos nossos olhos pareça que ele está distante. Sei que não é fácil o retorno, se assim o fosse não haveriam irmãos “desviados” do caminho, mas ele é possível, basta que aquele que se encontra nessa situação dê o primeiro passo e lembre-se: DEUS ESPERA POR VOCÊ porque o ama; DEUS PRECISA DE VOCÊ porque ama seus irmãos que ainda não O conhecem; DEUS CONFIA EM VOCÊ para anunciar a Palavra da Salvação; e DEUS AGUARDA POR VOCÊ para que possam viver em comunhão por toda a eternidade.

Que o Senhor nos dê sempre um coração dócil para reconhecermos nossos erros e confiarmos que Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça (I João 1.9).


           INTERCESSORA: SYLVIA MONTEIRO 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...